AS FASES DE MATURIDADE ESPIRITUAL DO MÉDIUM UMBANDISTA.

Source: AS FASES DE MATURIDADE ESPIRITUAL DO MÉDIUM UMBANDISTA.

Gladiadores do Altar são alvo de inquérito por intolerância contra religiões de matriz africana

Nesta última terça-feira (10/01) foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) em nome do Dr. Hédio Silva Jr, Dr. Antonio Basílio F…

Source: Gladiadores do Altar são alvo de inquérito por intolerância contra religiões de matriz africana

Petróleo do Pré Sal, a maldição submarinaa

Disse, confirmo e repito:

http://www.pensamentoverde.com.br/reciclagem/conheca-tudo-sobre-o-bioplastico/ já tinha ouvido falar em bioplástico? Não? Sabe por que? Porque essas malditas petrolíferas não querem que você saiba que existe essa alternativa, assim como são ELAS que torcem contra os carros elétricos eficientes a custo razoável.

Lugar do petróleo do pré-sal é no fundo do oceano, na camada pré-sal. De uma vez por todas, entendam: NÃO EXISTE TECNOLOGIA PARA EXTRAÇÃO SEGURA DE PETRÓLEO SUBMARINO, e qualquer acidente numa plataforma dessas pode facilmente se tornar um desastre ambiental de proporções inimagináveis. Pode ser uma cagada comparável somente a acidentes nucleares.

Não importa quem vai explorar o pré sal; a conta do custo ambiental vai inteira no cu do povo.

Nem nas urnas, nem nas ruas. A saída é ABANDONAR O SISTEMA.

Por que é contraditório recusar-se a votar mas ir às ruas nas manifestações? Simples. O que é uma manifestação, senão uma reivindicação grupal ás autoridades constituídas? Ora, se elas não tem legitimidade em razão do processo eleitoral ser uma farsa do sistema, então não faz sentido cobrar nada delas; não se reivindica absolutamente NADA a ninguém em quem não se reconheça LEGITIMIDADE para atender às reivindicações, logo, ir às ruas É SIM admitir que as autoridades nas quais não se votou são legítimas.

O que fazer então? ABANDONAR O SISTEMA, sair desses nefandos depósitos de mão de obra barata vulgarmente conhecidos como “cidades” e ir para núcleos rurais auto suficientes, nos quais tudo é feito e decidido pela coletividade dos que vivem em tais núcleos. Utopia? Desculpe a franqueza, mas nada é mais utópico do que acreditar que ESTA civilização altamente predatória, injusta e hipócrita, possa ter algum futuro que não seja o caos e o colapso total causado pelas mudanças climáticas, o que não vai demorar mais do que alguns anos. Não há outra saída para a Humanidade a não ser a auto suficiência.